Jogo de Tabuleiro na sala de aula

Qualquer jogo serve para ajudar no aprendizado. Mas na sala de aula, o jogo de tabuleiro apresenta vantagens.

Em primeiro lugar, é palpável, ou seja, as pessoas podem sentir o jogo, tocar as peças, manusear as cartas. Pode até parecer que os mais jovens não se sintam tão atraídos, mas na sala de aula o que eu observo é que são até mais engajados que os mais velhos.

Além disso, a interação presencial promovida pelo tabuleiro não é alcançada pelas formas eletrônicas de jogo simplesmente porque o jogo eletrônico foi criado para atrair toda a nossa atenção. Sons, música, efeitos visuais, controles que vibram, arte gráfica multicolorida e agora detecção de movimentos. Estamos entretidos demais com tudo isso para perceber outro ser humano à nossa volta e interagir com ele.

No tabuleiro podemos ter mais foco nas pessoas ao redor do jogo, e isso pode ajudar desenvolver comportamentos e habilidades que podem ser usados em situações da vida real. Melhorar as habilidades de negociação e comunicação, por exemplo. Ou aprender a ter um comportamento mais flexível frente a algo que não saiu como esperado.